Preto No Branco - 12/12/2015 - Androginia Vocal

Na interpretação musical não haverá, provavelmente, instrumento mais versátil que a voz. Sofrendo alterações ao longo da vida, a voz humana adulta é, fisiologicamente, diferente em homens e mulheres: as vozes masculinas (geralmente em tons mais graves) são produzidas por cordas vocais mais longas, enquanto as femininas, por serem produzidas por cordas vocais mais curtas, emitem normalmente sons mais agudos. Isto é o que acontece por regra, mas, como em tudo, existem excepções que nos baralham os ouvidos ao mesmo tempo que os encantam e embalam. Por vezes não é tão fácil associar uma voz a um conceito vocal de masculino ou feminino, entrando o som no panorama da androginia vocal.
Na história da música contamos com imensos exemplos de músicos vocalmente andróginos e ainda hoje é perfeitamente comum os nossos ouvidos serem traídos pelas vozes que fogem aos estereótipos. Nesta emissão tentamos escutar como o género não será o mais importante no que toca à música - e será assim tão importante perceber se o que ouvimos é masculino ou feminino?



01. Ela Orleans - The Sky And The Ghost
02. Planningtorock - Human Drama
03. Lower Dens - Brains
04. Methyl Ethel - Rogues
05. Youth Lagoon - Afternoon
06. Cigarettes After Sex - Affection
07. Foxes In Fiction - Ontario Gothic
08. Twin Sister - The Other Side Of Your Face
09. Rhye - Verse
10. Antony and the Johnsons - My Lady Story
11. Beach House - Myth
12. Jónsi - Sinking Friendships

Preto No Branco - 28/11/2015 - Across America (yet again)

Retomamos o percurso pelo território norte-americano, partindo do Tennessee e visitando os territórios mais remotos (e outros mais habituados a turistas). De carro, avião ou barco, traçamos rotas e escutamos paragens escolhidas pela música.



01. Casiotone for the Painfully Alone - Nashville Parthenon
02. Pavement - Strings Of Nashville
03. Nick Jaina - Cincinnati
04. Scott Walker - Lights Of Cincinnati
05. The Magnetic Fields - Washington D.C.
06. Strawberry Alarm Clock - Barefoot In Baltimore
07. Loudon Wainwright III - Ode To Pittsburgh
08. The Euclid Beach Band - There's No Surf in Cleveland
09. Sufjan Stevens - Detroit, Lift Up Your Weary Head! (Rebuild! Restore! Reconsider!)
10. Gil Scott-Heron - We Almost Lost Detroit
11. Michelle Shocked - Anchorage
12. Ryan Adams - Dear Chicago
13. Wilco - Via Chicago

Preto No Branco - 31/10/2015 - Across America (again)

Com o Preto No Branco em nova versão, mais condensada, prosseguimos a viagem iniciada há umas semanas e percorremos o território norte-americano através da música. Se o percurso anterior terminou em Santa Fé, nesta nova etapa cruzamos a linha de estado do Novo México para o Texas e retomamos a viagem em Dallas, aproximando-nos do Oeste dos Estados Unidos da América.



01. Silver Jews - Dallas
02. Javelin - Streets Of Laredo
03. Lee Hazlewood - Houston
04. The Veils - The Valleys Of New Orleans
05. Portugal, The Man - New Orleans
06. The Jayhawks - Tampa To Tulsa
07. Rufus Wainwright - Tulsa
08. Neko Case - Train From Kansas City
09. Blur - St. Louis
10. Simone White - St. Louis Blues
11. Hayden - Memphis
12. Josh Rouse - Sparrows Over Brimingham
13. Darren Hanlon - The Chattanooga Shoot Shoot

Nova grelha da Rádio Universidade de Coimbra

Na próxima segunda-feira, a Rádio Universidade de Coimbra entra oficialmente na época Outono-Inverno, pondo no ar uma nova grelha. Programas novos e alguns regressos pontuarão os meses que se seguem, continuando o Preto No Branco a emitir com absoluta nitidez mas, desta feita, em versão condensada - a partir de 31 de Outubro passamos a emitir das 22h às 23h, nas noites de Sábado!

Preto No Branco - 03/10/2015 - Across America

Poderá a música transportar-nos para outros locais? Acreditando que sim, viajamos através da música, das melodias, ritmos e composições, percorrendo a vasta nação americana! As cidades que inspiraram os músicos surgem-nos, uma após outra, num itinerário mais ou menos exequível, atravessando os Estados Unidos da América de costa a costa, com inflexões e algumas reflexões pelo caminho...



01. As We Walk to Fenway Park in Boston Town
02. The 6ths - I've Got New York
03. Lou Reed - New York Telephone Conversation
04. Olivia Tremor Control - NYC-25
05. LCD Soundsystem - New York, I Love You But You're Bringing Me Down
06. The Aislers Set - Chicago, New York
07. Real Estate - Atlantic City
08. Denison Witmer - Leaving Philadelphia (Arriving In Seattle)
09. Jeffrey Lewis - Seattle
10. The Head And The Heart - Coeur d'Alene
11. Starfucker - Astoria
12. Joan Baez - Portland Town
13. Sufjan Stevens - Eugene
14. American Music Club - All the Lost Souls Welcome You to San Francisco
15. The Lucksmiths - The Chapter In Your Life Entitled San Francisco
16. Foxygen - San Francisco


17. Jim O'Rourke - Do You Know The Way To San Jose
18. The High Llamas - Go to Montecito
19. Camper Van Beethoven - (Don't You Go To) Goleta
20. The Raveonettes - Ode To L.A.
21. The Decemberists - Los Angeles, I'm Yours
22. Elliott Smith - L.A.
23. Ariel Pink's Haunted Graffiti - Life In L.A.
24. The Mynabirds - L.A. Rain
25. Tom Waits - San Diego Serenade
26. Gorillaz - Bobby In Phoenix
27. Cocteau Twins - Heaven Or Las Vegas
28. The Mountain Goats - Satori In Denver
29. Beirut - Santa Fe

«Preto No Branco» - 25/07/15 - "Preto e Branco"

O "Preto No Branco", hoje, em modo minimal: temas que dão nome ao programa. Programa bicolor, para ouvidos ecléticos.
De 2007 até ao presente ano de 2015, uma (pequena) selecção de alguns dos nomes nacionais mais interessantes que foram sendo lançados e viram o seu talento (re)conhecido. Duas horas de "Preto No Branco" com marca portuguesa.

«Preto No Branco» - 02/05/15 - "Ibiza Rocks"

Habitualmente associada à música electrónica, a ilha de Ibiza tem vindo, ao longo dos últimos anos, a trazer o rock aos seus habitantes (locais e turistas). Constatando uma certa estagnação na noite da "ilha branca", o colectivo Manumission, com fortes tradições na organização de festas no Reino Unido, começou, por volta de 2005, a trazer nomes ligados às guitarras, muitos deles a fazerem a ponte perfeita com as batidas mais fortes da electrónica. Como tudo o que é bom acaba, dois dos fundadores originais do colectivo, Mike e Claire Manumission, decidiram regressar ao país natal. O "Preto No Branco" de hoje trará à memória cerca de duas horas com alguns dos temas que marcaram as célebres noites "Ibiza Rocks".

Preto No Branco - 08/08/2015 - À beira-mar

O calor do Verão motiva muitos a viajar para o litoral, mas não será apenas no Estio que o mar recebe visitas! Esta semana inspiramo-nos nas vagas, mares e oceanos que deram nome à música e navegamos, também, pelas ondas da rádio...



01. Ferraby Lionheart - Call Me The Sea
02. Electrelane - At Sea
03. Low - Walk Into The Sea
04. Miko - Sea House
05. Martha Wainwright - Gone To Sea
06. Sargasso Trio - Wide Sargasso Sea
07. Grizzly Bear - Deep Blue Sea
08. Small Sur - Sea Stones
09. Los Campesinos - The Sea Is A Good Place To Think Of The Future
10. Neutral Milk Hotel - In The Aeroplane Over The Sea
11. Badly Drawn Boy - River, Sea, Ocean
12. The Divine Comedy - A Seafood Song
13. Page France - A Belly To The Sea
14. CALLmeKAT - My Sea
15. Camera Obscura - Lunar Sea


16. SOAK - Sea Creatures
17. Graham Coxon - Caspian Sea
18. Death Cab For Cutie - Binary Sea
19. Sparklehorse - Sea Of Teeth
20. Mutual Benefit - I Saw The Sea
21. Spool - Sea Bed
22. Devendra Banhart - Seahorse
23. Gareth Dickson - Solina Sea
24. Anna Calvi - Rider To The Sea
25. Chad VanGaalen - Old Man + The Sea
26. Coco Rosie - The Sea Is Calm
27. Javelin - By The Sea
28. Charles Trenet - La Mer
29. Suede - By The Sea

Preto No Branco - 11/07/2015 - Selos de qualidade

Há quem organize os discos por géneros, por ordem alfabética ou até pelas cores das lombadas. No Preto No Branco também gostamos de os arrumar (e ouvir) por editoras - esta semana escolhemos duas cujo catálogo se preenche de discos de qualidade inegável e fomos ao encontro desse acervo pelas rodelas de vinil com o seu selo!

Para ouvir disco a disco:
Lado A - Morr Music
Lado B - Erased Tapes.



01. John Yoko - Lali Puna - Morning Paper
02. Contriva - Before
03. Seabear - I'll Build You A Fire
04. Ms. John Soda - Outlined View
05. It's A Musical - You Make Me Real
06. Pascal Pinon - Þerney
07. Butcher The Bar - Sex Scene
08. Benni Hemm Hemm - Aldrei (feat. Jens Lekman)
09. Fennster - Mirrors
10. Orcas - Carrion
11. B. Fleischmann - Nico



12. Nils Frahm - In The Sky And On The Ground / I Would Like To Think
13. Peter Broderick - Stopping On The Broadway Bridge
14. Ólafur Arnalds - Undan Hulu
15. Lubomyr Melnyk - Le Miroir D'Amour
16. A Winged Victory For The Sullen - A Symphony Pathetique (Montauk In February Remix)
17. Michael Price - Budapest
18. Douglas Dare - If I Knew I Were Alive
19. Oliveray - Piano In The Pond!
20. Masayoshi Fujita - Tears Of Unicorn

Preto No Branco - 04/07/2015 - It runs in the family [reposição]

Em dia de feriado municipal, a emissão da Rádio Universidade de Coimbra recuperou a emissão em que se exploraram algumas dinastias musicais (disponível aqui). No próximo Sábado retomamos as emissões em directo, sempre com absoluta nitidez entre as 22h e as 24h.

Preto No Branco - 13/06/2015 - It runs in the family [reposição]

Não podendo, por razões incontornáveis, partilhar em directo a emissão da Rádio Universidade de Coimbra, recuperámos esta noite a emissão dedicada às famílias musicais (disponível aqui). Regressaremos às emissões regulares no próximo Sábado, sempre com absoluta nitidez entre as 22h e as 24h.

Preto No Branco - 30/05/2015 - It runs in the family

De alguns músicos se diz que o talento lhes parece correr nas veias, o que, apesar de se tratar de uma metáfora, pode ter um certo fundo de verdade. Não podendo atribuir directamente à genética todo o crédito, o certo é que encontramos no mundo da música vários casos de pais e filhos com igual aptidão para a música. Esta semana colocamo-los lado a lado e escutamos a influência de uns noutros - e, no final, fica tudo em família!



01. Ian Dury - My Old Man
02. Baxter Dury - Trophies
03. Albert Hammond, Jr. - Call An Ambulance
04. Albert Hammond - World Of Love
05. Paul Simon - Duncan
06. Harper Simon - The Shine
07. Tim Buckley - Valentine Melody
08. Jeff Buckley - Lilac Wine
09. Murry Wilson - The Happy Song
10. The Beach Boys - Can't Wait Too Long
11. Rufus Wainwright - Greek Song
12. Loudon Wainwright III - The Man Who Wouldn't Cry


13. Martha Wainwright - Don't Forget
14. Kate & Anna McGarrigle - Kitty Come Home
15. George Harrison - Here Comes The Moon
16. Thenewno2 - Lena's Magic / The Love Theme
17. Sean Lennon - Spectacle
18. John Lennon - Beautiful Boy (Darling Boy)
19. Ravi Shankar - Tala Farodast
20. Anoushka Shankar - Swarna Jayanti
21. Serge Gainsbourg - Melody
22. Charlotte Gainsbourg - Voyage

«Preto No Branco» - 28/03/15 - "Depeche Mode Remixes"

Formados em 1980 em Basildon, em Inglaterra, os Depeche Mode são uma das bandas seminais do movimento synthpop, que teve o seu o seu auge durante a década de 80. No entanto, ao contrário de muitos outros grupos, o quarteto original (agora trio) liderado pelo carismático Dave Gahan, conseguiu chegar até aos dias de hoje com uma marca de qualidade sonora intocável. Prova disso, é a referência constante por parte de outros nomes da indústria musical que, de forma habitual, apontam os Depeche Mode como uma das principais influências musicais. Como forma de homenagear mais de trinta anos de clássicos atrás de clássicos, as próximas duas horas de «Preto No Branco» irão ser preenchidas por remisturas a cargo de vários nomes da música electrónica, que tanto deve aos Depeche Mode.

Preto No Branco - 04/04/2015

Em ano de aniversários especiais, visitámos o percurso das influências e da criação de Herbie Hancock (n.12 Abril 1940) e em particular envolvemo-nos no seu álbum "Voyage" (1965).

1.ª hora
Thomas "Fats" Waller, « Whose honey are you »
« Please keep me in your dreams »
« There's honey on the moon »
« If I were you »
« What's the reason »
Errol Garner, « Errol's Blues »
« Blue and Sentimental »
« I Get a kick out of you »
George Shearing, « I didn't know what time it was »
« Lonely moments »
« Bop, look and listen »
« I'll remember April »
« Pick yourself up »
Bud Powell, « Over the rainbow »
« Un poco loco »
« You go to my head »

2.ª hora
Paul Desmond and Dave Brubeck, « Stardust »
The Dave Brubeck 4tet, « In your own sweet way »
Herbie Hancock, « Alone And I »
« Empty Pockets » (1963)
« Triangle » (1964)
« Cantaloupe Island »
« Maiden Voyage » (1965)

Preto No Branco - 21/03/2015 - Poetrees

Há efemérides que merecem ser celebradas e, para fechar mais uma noite de Sábado, escolhemos duas que partilham o dia e mais alguns pontos de contacto. Árvores e poesia, a dar o mote para a Primavera do nosso contentamento!



01. Pulp - The Trees
02. Still Corners - Into The Trees
03. La Sera - Under The Trees
04. Manorlady - Trees
05. Calexico - Two Silver Trees
06. Mount Eerie - Through The Trees
07. Alela Diane - The Alder Trees
08. Small Sur - Under Trees
09. The National - Cherry Trees
10. Gorky's Zygotic Mynci - Blue Trees
11. Belle & Sebastian - Family Tree
12. Taxi! Taxi! - Old Big Trees


13. Antony And The Johnsons - The Lake
14. Lou Reed - The Raven
15. John Cale - Do Not Go Gentle Into That Good Night
16. Rufus Wainwright - When, In Disgrace With Fortune And Men's Eyes
17. Lord Huron - Auld Lang Syne
18. Taken By Trees - Bekännelse
19. Carla Bruni - I Went To Heaven
20. Judy Collins - Suzanne
21. Leonard Cohen/ Sharon Robinson - Go No More A-Roving
22. Donovan - The Song Of Wandering Aengus
23. Natalie Merchant - Because I Could Not Stop For Death
24. Joan Baez - Gacela Of The Dark Death

Preto No Branco - 14/02/2015 - Geografia musical: a Suécia e a Islândia

Evasão, travessia, movimento... Viajar é preciso e para muitos tão essencial como respirar! O Preto No Branco viaja por destinos concretos e procura na paisagem e nos lugares a inspiração para a música: na primeira parte aterramos na Suécia, deixando a travessia da Islândia para a segunda hora.


01. Peter Bjorn and John – Paris 2004
02. Acid House Kings – Sunday Morning
03. José González – The Forest
04. Peter Von Poehl – Story Of The Impossible
05. Taken By Trees – Greyest Love Of All
06. First Aid Kit – Tangerine
07. Suburban Kids With Biblical Names – Trees And Squirrels
08. El Perro Del Mar – It’s All Good
09. Jenny Wilson – Love And Youth
10. The Radio Dept. – Bus
11. Stina Nordenstam – Soon After Christmas
12. Jens Lekman – I Want A Pair Of Cowboy Boots
13. Benni Hemm Hemm – Aldrei (feat. Jens Lekman)
14. Jens Lekman – Every Little Hair Knows Your Name


15. Hymnalaya – Svarta
16. Sigur Rós – Glósóli
17. Ulfur - Heaven In A Wildflower
18. Kira Kira - Agustskot
19. Seabear – Lion Face Boy
20. Samaris - Góða Tungl
21. Jóhann Jóhannsson - Ja, Hemmi Minn
22. Amiina – Fjarskanistan
23. Múm – Finally We Are No One
24. Sóley – Blue Leaves
25. Björk - Unravel

Um agradecimento ao Ivo, pelas essenciais indicações turístico-musicais sobre a Islândia.
*

1ª Emissão de Sessões de Um Pacóvio de Província de 2015

 

Série "NOT", inspirada em "Disco NOT Disco", "No Wave" e "NOT Noise"

 

1ª  Emissão "Noise NOT Noise, Music Always Music"


Inspirado nas colectâneas "Disco Not Disco", "No  Wave" e ainda nas palavras de Edwin Pouncey "When I hera Cluester I hear noise, beautiful noise", resolvemos intitular as primeiras Sessões de Um Pacóvio de Província as Séries NOT. Então, se há "not", os Cluster já sabermos são "beautiful noise", Brian Eno com Robert Fripp, aproximam-se duma versão mais "orgânica" dos Cluster, mas poderão haver pontos de contacto com os Kraftwerk na altura em que ainda "procuravam a sua voz" com Fela Kuti ou o hip-hop? É o que vamos procurar ao longo das duas horas do programa.








Preto No Branco - 10/01/2015 - What's In A Name?

Quando os músicos escolhem não dar pelo seu nome de baptismo, são muitas as fontes de inspiração que podem escolher. A mais óbvia - e que muitas vezes revela inspiração também para a música composta - são outros músicos, outros projectos e outras bandas. Esta semana procurámos desvendar as histórias e motivos por detrás de alguns nomes de bandas e artistas inspirados nas músicas de outros.



01. DNA - Blonde Red Head
02. Blonde Redhead - Equus
03. Buzzcocks - Boredom
04. Boredoms - Free
05. Can - Spoon
06. Spoon - Nobody Gets Me But You
07. Bonzo Dog Doo-Dah Band - Death Cab For Cutie
08. Death Cab For Cutie - I Will Follow You Into The Dark
09. Belle And Sebastian - Like Dylan In The Movies
10. Dylan In The Movies - Saint Stephen
11. Morrissey - The Ordinary Boys
12. The Ordinary Boys - Just A Song
13. Hellogoodbye - While We're Still Young


14. The Beatles - Hello, Goodbye
15. Talking Heads - Radio Head
16. Radiohead - Separator
17. Roxy Music - Ladytron
18. Ladytron - All The Way
19. Neutral Milk Hotel - Communist Daughter
20. Communist Daughter - Not The Kid
21. Silver Jews - People
22. Suburban Kids With Biblical Names - Little Boys In The Ghetto
23. The Boy Least Likely To - Be Gentle With Me
24. Morrissey - The Girl Least Likely To
25. Buddy Holly - Rave On
26. Raveonettes - Twilight

Preto No Branco - 03/01/2015 - As rédeas nas mãos dos músicos...

Desde que a edição musical se massificou que as editoras têm desempenhado um papel determinante no que chega aos ouvidos do público que compra discos. Em busca de independência editorial ou de uma edição que de outra forma não veria a luz do dia, tem havido músicos que põem as mãos à obra e se aventuram na auto-edição ou na criação de editoras para permitirem a edição a outros músicos. Se bem que histórias de editoras criadas, geridas ou dominadas por músicos vêm desde meados do século XX, esta semana debruçamo-nos essencialmente por algumas das histórias mais recentes e por algumas das editoras que deram a volta ao modelo "tradicional" e puseram as decisões nas mãos dos músicos!



01. LCD Soundsystem - New York I Love You But You're Bringing Me Down
02. The Rapture - Love Is All
03. The Raconteurs - Together
04. The White Stripes - You've Got Her In Your Pocket
05. Ani Di Franco - Adam And Eve
06. Andrew Bird - Sovay
07. Euros Childs - Gently All Around
08. Simone White - Roses Are Not Red
09. Sun Kil Moon - I Can't Live Without My Mother's Love
10. Perry Blake - I Got What I Wanted
11. Tweedy - Low Key


12. Foxes In Fiction - Altars
13. Alex G - Sorry
14. Pikelet - Toby Light
15. Minimum Chips - Alaska
16. Sarah Mary Chadwick - Fools Like Me
17. Absolute Boys - Twin Spirits
18. Yujen - Minor Observations
19. Courtney Barnett - Anonymous Club
20. Daughter - Peter
21. Har Mar Superstar - Lady, You Shot Me