Preto No Branco - 5/12/2009 - Tributo à Música Invisível, e aos Grandes Cósmicos da RUC.



Tributo à Música Invisível, e aos Grandes Cósmicos da RUC.

Música Invisível: música que atravessa os tempos, sem se notar, com dificuldades em se afirmar nos marcos maiores da história. Não se vê, mas nunca deixa de estar presente.



Na música invisível de hoje, trazemos as experiências de racionalidade de paixão futurista alemãs, aliadas à vontade empírica de um músico britânico em permancer na vanguarda.

1ª Hora
1-Cluster & Eno – Cluster & Eno – Ho Renomo
2-Harmonia & Eno 76 – Tracks and Traces – Welcome
3- Cluster & Eno – Cluster & Eno – Schöne Hände
4- Harmonia & Eno 76 – Tracks and Traces – Atmosphere
5-Eno\Moebius\Roedelius – After The Heat – Tzami N’Arki
6- Harmonia & Eno 76 – Tracks and Traces – Vamos Companeros
7- Eno\Moebius\Roedelius – After The Heat – Base & Apex
8- Harmonia & Eno 76 – Tracks and Traces – By The Riverside


2ª Hora
1- Eno\Moebius\Roedelius – After The Heat – Foreign Affair
2- Harmonia & Eno 76 – Tracks and Traces –Mit Simaen
3- Harmonia & Eno 76 – Tracks and Traces – Selange
4-Kraftwerk – Computer World – Computer Love
5- Harmonia & Eno 76 – Tracks and Traces – Les Demoiselles
6- Eno\Moebius\Roedelius – After The Heat – Tzami N’Arki

Nota Importante: Durante o programa ouviram-se excertos do documentário produzido pela BBC “Krautrock The Rebirth Of Germany”, com testemunhos de John Weinzierl e Renata Knaup dos Amon Düüll II, Daniel Fichelsher dos Popol Vuh, Edgar Froese e Klaus Shulze dos Tangerine Dream, Hans-Joachim Roedelius e Dieter Moebius dos Cluster, Holger Czukay, Jaki Leibezeit e Damo Suzuki dos Can, Ralf Hütter e Wolfgang Flür dos Kraftwerk, Michael Rother dos Neu!, Jean Hervé Peron e Werner "Zappi" Diermaier dos Faust e ainda Iggy Pop.

PS Aconselha-se também a consulta do sítio www.krautrock.com



0 comentários: