Com mais uma esplêndida edição da Soul Jazz, a colectânea Deutsche Elektroniche Musik, revelou-me um mundo até agora desconhecido; a vertente quase de rare-groove que alguns dos krautrokers tinha, e nós passámo-los na 1ª hora cruzando-os com referências imprescindíveis,como o acid-jazz dos Sandals e as obras-primas de jazz-funk que serviam de mote às aventuras dos filmes de blaxpoitation.
Na 2ª hora, resolvemos fazer um encontro entre bateristas e baterias virtuais. Quem não fica siderado com a precisão rítmica de um Klaus Dinger, nos Neu!? As máquinas de ritmo, mais do nunca, traduziram a repetetividade dos movimentos criativamente mecânicos dos bateristas do krautrock.


1ª Hora – Qual a aproximação entre “krautrock”, “rare-groove” e “p-funk”?


1-Deutsche Elektroniche Musik – Kollectiv – Rambo Zambo
2-SandalsRite To Silence – Change
3-Can You Dig It – Don Julian – Lay It On Your Head
4-Deutsche Elektroniche Musik – Ibliss – High Life
6-Deutsch Elektroniche Musik – Can – I want More
7-FunkadelicOne Nation Under A Groove - One Nation Under A Groove


Nota 1: Os Kollectiv eram os irmãos gémeos Waldo e Jogi karpenkial e ainda Jurgen Havix. Inspirando-se em Frank Zappa, King Crimson mas também nos músicos de jazz Wes Montegomery e Jimmy Smith, formaram os The Generals. Jogi ainda se aproximou de Ralf Hutter (que entretanto fundou os Organisation -futuros Kraftwerk) nos The Phantoms, mas depressa voltou ao grupo original. Com a entrada do flautista Klaus Dopper, os Genrerals tronaram-se os Kollectiv, gravando apenas um álbum homónimo.


Nota 2: Os Ibliss, tal como os Kollectiv, apenas gravaram um álbum (Supernova), mas o percussionista e flautista Basil Hammoudi, participou no álbum dos Organisation, Tonefloat, e ainda no primeiro álbum dos Kratftwerk. Igualmente dos Ibliss, o baterista Andreas Hohmann, também participou nas gravações do álbum Kraftwerk, e ainda foi membro de um embrião dos Neu!.





2ª Hora – Machine Versus Man Versus Machine

1-Neu!75 – Isi
2-HarmoniaDeluxe – Deluxe (Immer Weider)
3-La DüsseldorfDüsseldorf - Düsseldorf
4-Deutsche Elektroniche Musik – E.M.A.K - Filmmusik
5-Moebius-Plank-Neumeier – Zero Set – Recall
6-Harmonia – Deluxe – Walky-Talky
7-Harmonia – Musik Von Harmonia - Watussi


Nota 3: Os E.M.A.K.(Elektronische Muzik Aus Köln) eram constituídos por Kurt Mill e Mathias Becker. Os EMAK, investigaram os desenvolvimentos da tecnologia usada na música no seu estúdio. Ao ouvir esta faixa, nota-se a influência da música electrónica no synthpop britânico a despontar na década de 80.



Informações retiradas do texto que acompanha a colectânea Deutsche Eletrokische Musik.

Link para documentário da BBC sobre Krautrock. Parte 1, Parte 2, Parte 3, Parte 4, Parte 5, Parte 6.


0 comentários: